27.5.11

Bloquinho pra quê?

Foi a primeira vez que escrevi no celular. O celular novo tem teclado e eu descobri um jeito de escrever nele, mas tirar o texto de lá de dentro foi meio foda. Tive que mandar por email e, como ficou, grende demais, teve que sair em três vias. Eu ia lá, via o tanto de texto que tinha vindo no email e selecionava a partir de onde tinha truncado.

Eu tava assistindo um campeonato de lutas, o Wocs (sigla que corresponde a Wach Out Combat Show), e, já sabendo que não ia poder assistir o UFC 129, botava a maior fé do mundo que o Wocs 11, realizado em Campo Grande - MS, seria mais divertido que o seu primo rico. Enquanto escrevia, eu não sabia. Agora eu sei: os campeonatos nacionais são muito mais divertidos que os gringos.


Ficou assim.



Wocs 11, sexta, véspera de ufc 129.
Campo Grande.
Lutador chamado Fábio Oliveira tem apelido de "larvinha".
Me pergunto se é por causa da pinta preta que ele tem na cara.
Venceu o oponente, José Elias, que fazia sua segunda luta.
Larvinha, que vinha de 3 derrotas, venceu no 1o. round e, na entrevista pra Viviane Ribeiro do canal Combate, justificou a derrota na luta passada.
"Agora eu posso falar: eu lutei com dois 'furunco'. Ainda dói, mas tá melhor. Eram dois baita furuncão bem na minha bunda".
Depois agradeceu a toda sua equipe e, também, ao 'cara da locadora, que deixa eu pegar filme de graça'.
Virei fã dele.

Duas lutas acabaram no segundo round sem que os vencedores se aguentassem em pé.
Na primeira, o cara que perdeu ficou num prego tão extremo que deitou na lona e, quando o juiz mandou levantar, obteve um dedo médio em riste como resposta.

Na segunda luta, dois mamutes se cansaram tanto que, no segundo round, ganhou aquele que caiu em cima do outro.

Sensacional mesmo foi a luta do Nilson Pulgatti.
Não sei se eu entendi direito, mas me pareceu que o cara é presidente da federação sul mato-grossense de mma. Não sei. Sei que ele levou uma surra do oponente, o David Sutil, mas não foi nocauteado.
A decisão foi pra mão dos juízes que, claro, deram vitória pro dono da bola.
Chegou a ser engraçado.
Teve um momento que a coisa tava feia pro Pulgatti. O Sutil tava por cima, descendo o braço e o cartola, ouvindo os gritos desesperados vindos do seu corner, gesticulou pra eles que parassem com aquilo.
O juiz achou que era com ele, parou a luta, tirou Sutil de cima do Pulgatti e mandou começar de novo.

UFC é pros chatos.

0 comentários: